Author Archive

 
Jason Blum é o homem do momento em Hollywood. Produziu há uma década o que se acabaria por tornar na revolução do cinema de terror modernos e alguns dos seus sub-géneros, como o found-footage Actividade Paranormal. Mais recentemente viu um dos seus maiores sucessos nomeado em quatro categorias para os Óscares, Foge, tendo vencido o Óscar de Melhor Argumento Original, pela mão de Jordan Peele, que também realizou. 

 
É curioso como um nome como Steven Spielberg ainda carrega muito peso em 2018, num panorama de cinema dominado por super-heróis.
 
Mesmo assim, nada impediu o realizador de uma mão cheia de blockbusters, por muitos considerados intemporais, que foi capaz de meter um pé no hype ao adaptar o popular livro de Ernest Cline, então conhecido como uma ficção com centenas de referências da cultura-pop dos nossos tempos. Como será que Spielberg se deu neste Ready Player One – Jogador 1?
 

As adaptações de videojogos para cinema têm uma má reputação. Por alguma razão, ainda no início dos anos ’90, os estúdios norte-americanos viram o quão apelativo sería tornar em filme algo que os jovens jogavam nas arcadas ou em casa, trazendo a experiência do mundo virtual interactivo para um mundo cinematográfico.


Ultimamente tenho estado a jogar Forza Horizon 3 na Xbox One que recebi no passado Novembro. Os jogos de corrida sempre foram os que mais me divertiram e onde dedicava mais tempo, e agora que estão nas consolas de última geração, Forza é de longe o melhor simulador de corridas. Entre as centenas de opções de carros e mapas gigantescos, no caso dos Horizon onde corremos fora das pistas do Motorsport, há muito que fazer e muitos quilómetros a percorrer. 

Photo by Jack English – © 2017 FOCUS FEATURES LLC. ALL RIGHTS RESERVED.

A Maio de 1940, Inglaterra e França eram aliadas na Segunda Guerra Mundial contra o regime Nazi, que aterrorizava Europa com as suas invasões e métodos de violência, enquanto invadiam Bélgica e Holanda.

Em 1995, o falecido Robin Williams protagonizou, juntamente com uma jovem Kirsten Dunst um dos filmes mais divertidos do ano, quando um jogo de mesa misterioso fez saltar a selva para o mundo real. Jumanji, cujo livro em que foi baseado, escrito por Chris Van Allsburg, trouxe também uma sequela espiritual, na forma do mágico Zathura, um filme tão underrated que acredito que 90% da população nunca o tenha visto.

Depois do grande regresso da Guerra das Estrelas em 2015 com o Despertar da Força, foi dada uma nova vida à saga cinematográfica que continua a história e foi deixada num cliffhanger, demorando dois anos até vermos como acabou uma cena que de tão curta passou a icónica.

Seguir no YouTube
Seguir no Instagram
Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Partilhar no Google+
http://geekalm.pt/author/ricardo-toit">
Seguir por E-mail