Playstation apresenta novo jogo Detroit: Become Human

A 12 de Maio de 2018, fomos convidados pela Playstation Portugal para um sneak peak exclusivo do novo jogo “Detroit: Become Human”.

A propósito desta apresentação, esteve presente o Associate Game Director, Gregorie Diaconu, que mostrou um bocadinho dos bastidores deste jogo que está em desenvolvimento desde 2012, quando tudo começou com uma tech demo apresentada na PS3.

Daí, a Quantic Dream quis desenvolver um jogo na veia do que fizeram anteriormente com Heavy Rain e Beyond: Two Souls, mas mais uma vez inovando na forma que a narrativa é construída e controlada pelo jogador.

Detroit: Become Human mostra-nos uma realidade dum futuro próximo, focando-se em Kara, Connor e Markus, três androids desenhados para três propósitos diferentes, mas um objectivo comum: Facilitar a vida do humano, enquanto que a sua vida útil seja descartável.

Como tudo, existem aqueles que acreditam que esse facilitismo descarta a utilidade do ser humano, estando ele a ser substituído por estas máquinas, que não só fazem um trabalho melhor, mas em menor tempo.

O Geek’alm teve oportunidade de jogar cerca de 1 hora e meia do Detroit: Become Human podemo-vos dizer que o jogo está incrível.

Este jogo apresenta um estilo bastante cinemático onde a maior aposta encontra-se na sua narrativa e não no seu gameplay.

O gameplay é bastante minimalista contendo apenas a movimentação de personagens pelos environments, eventos rápidos e mini-jogos. Estes elementos de gameplay apenas servem de ferramenta para seguir em frente com a narrativa.

Os gráficos do jogo são simplesmente soberbos e ajudam imergir o jogador no seu universo tornando-se interessante ver as consequências das acções do jogador no mundo em redor.

O simples facto dos jogadores poderem tomar várias aproximações aos acontecimentos faz com que duas playthroughs não sejam iguais aumentando assim a replayability do jogo.

Assim, existe uma revolução onde nós influenciamos todas as escolhas das nossas personagens, nunca havendo um ecrã de “game over”. Isto quer dizer que o jogo prossegue, independentemente das nossas escolhas, deixando a nós a decisão de fazer o que está certo ou errado.

Durante a hora e meia de gameplay tivemos oportunidade de jogar com os três protagonistas:

  • Markus RK200 é um android que cuida de um famoso pintor chamado Carl Manfred que lhe transmitiu-lhe os ensinamentos das coisas que são realmente importantes na vida tornando-o num revolucionário na luta contra os humanos e a sua própria programação.
  • Kara AX400  é uma andróide que foi programada para fazer as tarefas domésticas da residência de Todd, este é uma personagem bastante instável e é um perigo tanto para Kara como a sua filha, Alice.

  • Connor RK800 é um andróide ao serviço da polícia e é especialista em apreender outros androids que se deixaram levar pela vida do crime. Connor tem um pensamento muito racional e vai fazer aquilo que está programado para fazer que é cumprir a sua missão!

O grande destaque desta versão nacional de Detroit: Beyond Human é estar ele completamente em Português, contando com dobragens de Diogo Morgado (Markus RK200), Victoria Guerra (Kara AX400) e José Mata (Connor RK800).

O jogo vai estar disponível no dia 25 de Maio em exclusivo para a Playstation 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *